Jericoacoara: a linda e doce Jeri!

Linda e doce porque é a cara Jericoacoara. É considerada uma das praias mais bonitas do planeta e possui as lagoas do paraíso e azul, com águas cristalinas, doce, doce.

Lagoa paraíso

Jeri é uma antiga e atual vila de pescadores que se mistura à uma grande quantidade de gringos (comum em todo o nordeste) e de turistas brasileiros. As ruas são de areia, desde uma caminhada pelo centrinho até a sua chegada aos hotéis.
Um dos destaques é a Duna do Pôr do Sol, localizada na praia do centro. Todos os dias, no final da tarde, nativos e turistas sobem o morro de 30 metros de areia para observar um dos mais belos que já vi na minha vida.
DSC09646

Magic Sunset

Os ótimos ventos da região fazem com que Jeri seja considerada uma das melhores do país para a prática de esportes náuticos, como kitesurf e windsurf. A principal praia, a praia do centro de Jericoacoara, era muito frequentada pelos windsurfistas e kitesurfistas, mas não é mais. Hoje, a prática só pode acontecer no Preá, uma vila de pescadores bem simples e graciosa localizada a 14 km de Jeri.

SONY DSC

No quadi

Como chegar: Jericoacora está situada a 302 km de Fortaleza. Quando fomos em 2011, o acesso ainda era mais precário. Voltamos nesse ano (2017) e percebemos estradinhas novas para chegar até lá. Mas só se chega à Jeri em veículos 4 X 4, ou seja, com tração nas quatro rodas.

DSC09609

Praia de Jeri

A região era considerada Área de Proteção Ambiental, desde 1984, e posteriormente em Parque Nacional, em 2002, preservando da especulação imobiliária uma área de cerca de 200 quilômetros quadrados repleta de dunas, mangues e lagoas de águas transparentes.
As lagoas são incríveis, sendo que a principal é Jijoca, dividida em duas partes: Lagoa Azul, rústica e com barracas simples; e Lagoa do Paraíso, com pousadas confortáveis e restaurantes que oferecem redes e espreguiçadeiras.
A Pedra furada é muito linda!
DSC09719

Pedra Furada

Para se chegar lá é preciso estar de 4 x 4 ou quadriciclo. Os guias param um pouco antes e só se chega até a pedra caminhando por cerca de 20 minutos.
A árvore da preguiça também é parada obrigatória. Ela tem esse formato por causa do vento local. Lá se chega direto de quadi, bugue ou 4 x 4.

Árvore da preguiça

Jeri possui uma infinidade de restaurantes. O meu destaque vai para o Restaurante Tamarindo (peça um spaguetti ao frutos do mar e para a Naturalmente Creperia (os cepes salgados e doces são deliciosos). A sorveteria Gelato & Grano, com sorvetes artesanais, também é demais.
São muitos restaurantes bacanas, bares legais e forrós. Jeri oferece programas para todos os gostos.
Onde ficar: em 2011, nos hospedamos no Chilli Beach e achamos sensacional.
DSC09631

Chilli Beach, sensacional!!!

Um hotel super luxuoso, mas ao estilo Jeri, pé na areia e roots. O restaurante do Chilli Beach é sensacional. Nesse ano (2017), ficamos no famoso Essenza.
Essenzza Hotel

Essenzza Hotel

A localização é perfeita. Um ótimo restaurante e uma piscina com borda infinita com vista para a Duna, torna o hotel uma das grandes sensações locais.

* Dicas:
– Se tiver noite de lua cheia não deixe de apreciar o céu limpinho de Jeri;
– Vá almoçar um dia no . Fica localizado depois do PREÁ e a comida é incrível!
– Se puder, não vá de carro. Lá é fácil andar de bugue (só com guia) e de quadi (também com guia). Você não consegue entrar na Vila de carro. Precisa deixar do lado de fora.
E aí? Gostou do post? Deixe seu comentário!